Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Sanções da ONU vão direto para o lixo

Posted in Política by leonardomeimes on 09/06/2010

Os EUA jogaram fora a oportunidade de sair com dignidade desse problema, agora vai começar a afundar a diplomacia entre o Irã e o ocidente de novo.

Aparentemente não é intenção dos EUA negociar, pois assim como o Iraque e o Afeganistão, o Irã é uma região importante comercialmente e militarmente.

Comercialmente o país é rico em pretóleo, e ter um governo não alinhado no Irã é uma grande perda de dinheiro para os EUA, que se invadirem e instaurarem um governo “americano” terão acesso mais fácil e mais barato ao petróleo, isso se não roubarem o petróleo.

Militarmente o país está em meio a outros países que precisam de uma atenção dos EUA, principalmente Líbano, Líbia, Síria, Turquia e Jordânia. Assim os EUA teriam mais um posto avançado de guerra, como se tornou Israel e o Iraque.

Portanto era de se esperar que os EUA fizessem pouco caso e continassem a bater de frente com o Irã, para que esse seja motivado a produzir uma bomba atômica, ou a continuar a enriquecer urânio criando, então, uma justificativa para os EUA invadirem.

Lógico que mesmo sem justificativa eles invadirião, como no Iraque.

“Sanções da ONU vão direto para o lixo”, diz Ahmadinejad

FOLHA

Em resposta à aprovação de uma nova rodada de punições contra o Irã no Conselho de Segurança da ONU, o presidente da República Islâmica, Mahmoud Ahmadinejad, disse que as sanções são “sem valor algum” e “devem ir direto para a lata do lixo, como um lenço usado”.

“Estas resoluções não valem um centavo para a nação iraniana”, declarou Ahmadinejad à agência estatal Irna, no Tadjiquistão.

A quarta rodada de sanções aprovada nesta quarta-feira por 12 votos a favor, dois contra (Brasil e Turquia) e uma abstenção, do Líbano, deve isolar ainda mais o país do restante da comunidade internacional, disse o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao comentar o resultado.

Ainda reagindo ao anúncio das novas sanções, o governo iraniano afirmou que não irá suspender as atividades de enriquecimento de urânio, mesmo com as novas punições.

“Nada vai mudar. A República Islâmica do Irã vai manter suas atividades de enriquecimento de urânio”, disse Ali Asghar Soltanieh, enviado do Irã na AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica), com sede em Viena, logo depois da aprovação da medida na ONU, em Nova York.

Anteriormente, o Irã já havia rejeitado a aprovação do pacote de sanções, dizendo que a medida é “errada” e deve piorar a crise, de acordo com a rede de TV iraniana Al Alam.

“A resolução foi uma medida errada (…), não é um passo construtivo para resolver a questão nuclear. Isso tornará a situação mais complicada”, disse o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Ramin Mehmanparast, logo após a aprovação.

O documento foi aprovado nesta quarta-feira pelo Conselho de Segurança com 12 votos a favor, apesar de Brasil e Turquia votarem contra a resolução.
Na abertura da sessão, que começou com mais de uma hora de atraso, às 12h15 (horário de Brasília), a embaixadora brasileira da ONU, Maria Luiza Viotti, afirmou que, “na nossa visão”, a resolução “atrasará, em vez de acelerar, uma solução para a questão”.

O Líbano se absteve de votar. Os outros 12 países do Conselho de Segurança foram favoráveis, aprovando a quarta rodada de sanções contra o Irã desde 2006.

As novas sanções devem vetar investimentos exteriores iranianos em atividades e instalações relacionadas com a produção de urânio, serão estabelecidas restrições na venda de armas convencionais ao Irã. Além disso, o país será proibido de fabricar mísseis balísticos com capacidade de carregar ogivas nucleares.

Também deve haver novas restrições às operações financeiras e comerciais com o Irã, além do reforço do regime de inspeções das cargas dos navios e aviões iranianos para evitar que burlem o embargo internacional.

Isolamento

Após o resultado da votação dos 15 membros do Conselho de Segurança da ONU o presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou que a República Islâmica deve ficar mais cada vez mais isolada enquanto o governo iraniano “seguir ignorando” as regras internacionais do TNP.

Em pronunciamento em Washington, o presidente americano deixou claro que a aprovação do novo pacote de sanções — defendido e impulsionado em grande parte pelos Estados Unidos — “não fecha a porta da diplomacia” entre o Ocidente e Teerã, mas demonstra que toda “ação tem consequências” e nesta quarta-feira o governo do Irã “sofre as consequências” de suas atitudes.

Os EUA consideram que o Irã coloca em risco a segurança regional do Oriente Médio, criando tensões com seus vizinhos, declarando ameaças — numa clara referência a Israel — “patrocinando grupos terroristas”, e dando prosseguimento ao seu polêmico programa nuclear.

“O governo do Irã precisa entender que a segurança de seu povo não será garantida por meio de seu programa nuclear”, disse Obama.

“O aumento de tensão no Oriente Médio não é do interesse de ninguém”, disse Obama, mas o Irã “precisa entender” que com direitos vêm obrigações, e que Teerã deve respeitar os tratados internacionais sobre a produção e utilização de energia nuclear.

Barack Obama defendeu a implementação das novas sanções — as mais restritivas já aplicadas ao Irã — dizendo que Teerã “não conseguiu provar à comunidade internacional” que seu programa nuclear tem fins pacíficos.

Mais cedo, o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, chegou a afirmar que as sanções contra a República Islâmica seriam “ineficazes”, citando como exemplo a Coreia do Norte, que anunciou o total funcionamento de seu programa nuclear mesmo após as punições recebidas pela ONU.

Em resposta, Obama disse que os EUA “sabem que o Irã não mudará seu comportamento de um dia para o outro”, e que a comunidade internacional deve manter as portas da diplomacia abertas.

COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Aquecimento pós-global!

Posted in Uncategorized by leonardomeimes on 18/06/2009

Olá, desculpem o post longo, mas vale a pena ler!

Eu queria chamar a atenção de vocês para uma injustiça tremenda que ocorre no mundo. Claro vocês já devem ter ouvido falar no aquecimento global… e vocês também já sabem como ele aconteceu, pelas emissões enormes de gases dos países ricos. A única coisa que eu queria mostrar aqui é a grande INJUSTIÇA que se esconde por trás de tudo isso.

As empresas de petróleo, incluíndo a Petrobrás (orgulho nacional), continuam a ganhar rios, oceanos, sistemas solares de dinheiro com a exploração do petróleo… Mas eu pergunto o seguinte: DE QUEM É O PETRÓLEO? Você já teve a surpresa de receber em casa um envelope com uma quantia em dinheiro relativa a quantidade de petróleo seu que foi explorada pela Petrobrás e vendida? Pois saiba que é seu sim o petróleo! Os únicos bens que podem ser vendidos ou adquiridos por um ser humano como propriedade privada são os que ele cultivou ou construiu e isso é claro não incluí recursos naturais! O que está no subsolo é bem comum!

Mas é claro que os MilkySHAKES árabes não vão dizer isso ao seu povo, que morre de fome sede e é envolvido em guerras pelo petróleo, sem poder usufruir de nenhum tostão do que por direito é bem comum. É claro, que os reis africanos não contarão ao seu povo que sofre de problemas sociais e de saúde que o petróleo e os diamantes que eles retiram do solo são deles também. O pior, vc já pensou como a Copa do Mundo na África do Sul foi financiada? Como o grande prêmio do Barein é financiado? Como a pista foi construída? Tudo com dinheiro do petróleo… e o povo não ganha um tostão…

Nos EUA e no Canada a BP, a Exxon Mobil e a Conoco Phillips relatam lucros exorbitantes, mais de 90% de aumento do lucro em alguns casos. Isso significa BILHOES de dólares indo para os bolsos de cinco ou seis donos de empresas. Esses donos de empresas fazem oque? Mandam construír ilhas particulares em Dubai…

Mas onde quero chegar é o mais importante desse post… A venda exorbitante de petróleo e a economia fóssil que vivemos libera na atmosfera uma quantidade astronômica de gases que criam o efeito estufa. O planeta está aquecendo gradualmente conforme o tempo passa. Eventos nunca vistos aconteçem.

Derretimento da neve (chamada de Neves Eternas) do Kilimanjaro…

Derretimento de Geleiras nos pólos…

Furações e tempestades como nunca foram vistas…

Inversos e Verões extremamente rigorosos…

Enquanto as empresas ganham rios de dinheiro, o Haiti (um dos países mais pobres do mundo) foi atinido em 2004 por quatro furações de uma vez (Frances, Chaley, Ivan e Jeane), matando 3 mil pessoas, destruíndo todo o país e deixando 80 por cento da população em estado de calamidade.

Enquanto a Exxon Mobil teve lucros récordes e começou a explorar poços na África… O furacão Katrina desolou a cidade de New Orleans deixando uma das comunidades dos EUA mais frágeis economicamente e socialmente em total estado de caos. A população chama a cidade de ‘cidade morta’, pois quem tinha um pouco mais de dinheiro se mudou para outras cidades e só sobrou a parcela da população que não tem para onde ir.

No ártico, em Cumberland Sound, que costumava ser uma placa de gelo de proporções gigantes, onde os Inuit caçam focas, não é mais necessário caminhar 70 quilômetros para chegar a beira, apenas 15 quilômetros e o gelo acaba. O clima costumava ser previsível, porém hoje em dia os esquimós não se arriscam a andar no gelo, pois não conseguem prever o clima.

Entenderam a injustica? Ou querem uma ajuda?

Empresas de petróleo = LUCROS EXORBITANTES = Vida próspera e luxuosa

Países pobres, com problemas de fome, com populações que ganham menos de 1 dólar por dia = CATÁSTROFES NATURAIS = Fim da vida.

Essa lógica funciona para outros eventos também.

Enquanto as empresas de petróleo e os Shakes árabes estão enriquecendo, roubando o recurso que é coletivo, e investindo o dinheiro em bobagens, o petróleo que eles vendem acaba com o mundo que nós amamos tanto. Causa eventos naturais severos que acabam com comunidades pobres, esfoeadas e antigas (esquimós). Quem sofre com os problemas criados pelos ricos são os pobres, e os ricos nem mesmo mostram sinal de que vão ajudar ou mudar suas atitudes.

Enfim, os caras enrriquecem com o bem coletivo, jogam as pessoas na pobresa, causam uma catástrofe global, que não os atingem, e, no entanto, atinge as pessoas que eles deixaram pobres, tornando o sofrimento deles ainda maior. E eles em vez de investirem seu dinheiro para ajudar essas pessoas, investem em mais poços de petróleo, ilhas particulares e corridas de F1.

Só há uma coisa a dizer, esses são os inimigos número 1 do mundo. Se eu encontrasse um deles na rua simplesmente estourava-lhe os miolos. E ainda seria preso como assassino, eu teria matado 1, eles mais de 1 décimo da população mundial, que morre de fome e em desastres todo ano.

Você deve estar indignado nesse momento… se não está procure em seu dia a dia como você está contribuindo para esses eventos que fazem a vida de pessoas simples e humildes muito mais difícil, pois se não lhe afeta é porque de alguma forma você está ajudando a criar. As pessoas pobres não tem culpa se os ricos poluíram o mundo… eles é que deveriam pagar pelo que fizeram.

(algumas informações retiradas do artigo IMAGENS DE UMA CRISE CLIMÁTICA de Brenda Longfellow, Coming to Terms With Nature, 2007)

Leonardo Meimes

Ae cambada! Nós estamos vivos ainda!

Posted in Cinema, Educação, História, Jogos, Literatura, Música, Uncategorized by leonardomeimes on 04/06/2009

Olá galera, é com muito prazer que eu declaro a REVOLUÇÃO DOS MOSCAS MORTAS!

Para quem não sabe o que estou falando, um Mosca morta ou MMs (ahahahah),  é aquele individu que não presta pra nada… que não tira a bunda do sofá pra pegar uma cerveja na geladeira… que sentado no sofá, vendo jogo, tem coragem de pedir para a mulher que está deitada na cama, querendo dormir, que ela busque a cerveja. Em outros contextos como jogos de internet o MM é aquele que não participa de nada, que tem medo de fazer as coisas e que normalmente é um looser.

Pois então, apartir desse momento nós nos declaramos LIVRES DESSE MAU! É evidente que para criarmos um blog e nos comprometermos a postar sobre assuntos de nosso conhecimento para vocês todos os dias nós não podemos ser MMs, mas não custa contribuir com nosso conhecimento para ajudar MMs em todo mundo a arranjar algo para ocupar suas mentes.

Para isso, seremos uma equipe de 4! (Sem conotações pejorativas) Teremos 4 postadores de idades variadas, com experiências variadas, assuntos variados e níveis de beleza também variáveis, pq não tivemos a sorte de nascer todos gêmeos de Adão!

Eu, que vocês conhecerão como Vahn (Leonardo Meimes), postarei sobre Educação, Literatura, Cinema e Música.

O Rog (Rogério Brigido)  será nosso comentador sobre História e Petróleo (conflitos e coisas assim).

O Jr. (Wallyson Rodrigues) será nosso catalão entertainer, postando coisas engraçadas, além dos assuntos sobre Informática e Jogos.

Por fim, teremos o incrivel Ilari.Ilariel Créu créu créu (Anderson), nosso personal pakito, ou xuxete, que também irá contribuir com assuntos relacionados a Negócios (adm), Jogos e algumas coisas inúteis e engraçadas.

Esses quatro pestes ai em cima se conheceram pela Internet jogando online, mas como temos nossas vidas que nos impedem de se divertir, tivemos de parar de jogar (Eu e o Rog), mas resolvemos não perder contato, assim criamos o blog. Então, não liguem se aparecer alguns comentários ligados ao jogo ou se não entenderem alguma piada que também era ligada ao jogo… A proposta aqui é discutir sobre muitas coisas e durante o processo sempre nos lembraremos como nos conhecemos (TWS65 FOREVER!). Cada um de nós irá se apresentar melhor conforme for sua vez de postar.

O próximo será o Rog, que irá postar amanhã se apresentando e começando a roda de postagens desse blog.

Como dá pra perceber, nós propomos um pouco de tudo de coisas sérias a coisas não tão sérias. Teremos momentos de diversão e de reflexão, mais de diversão eu acho… Mesmo assim espero que vocês gostem.

VIVA A REVOLUÇÃO DOS MOSCAS MORTAS!

VAHN