Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Nick Mason – na autobiografia “Inside Out”

Posted in Música by leonardomeimes on 27/10/2011

Realmente eu nasci na época errada…

 

…Eric Clapton, Jack Bruce e Ginger abriram a noite… O fato de que Jimi Hendrix chegou depois como convidado para algumas músicas – sua primeira aparição na Inglaterra – era a cereja do bolo.

Para mim aquela noite foi o momento em que eu soube que eu queria fazer isso da maneira correta. Eu amava o poder de tudo aquilo. Não havia necessidade de se vestir com jaquetas “Beatles” e camisetas de colarinho, e não havia necessidade de te rum cantor bonito lá na frente. Nada de seguir estruturas como verso-refrão-verso-refrão-solo-refrão-fim nas músicas, e o baterista não estava lá atrás em uma horrível plataforma… ele estava na frente.

Roger trouxe sua própria garrafa (Whisky) e ofereceu a Janis (Joplin) um gole. No fim do show ela devolveu a garrafa, esvaziada…

A reação de Syd a esse show importante foi desafinar sua guitarra durante “Interstellar Overdrive” até que as cordas caíssem.

Syd estava sendo difícil de lidar, se não “maluco”. Depois de fazer mímicas para o playback durante o “ensaio”, ele apenas ficou lá parado sem vida na hora da gravação, enquanto o diretor dizia nervoso “Ok essa é a hora”. Então Roger e Rick tiveram que fingir o vocal, Syd estava apenas parado relaxado e olhando sem expressão para uma meia distância.

Em outro show o muito instável Syd foi chamado para entrevista. O mundo prendeu a respiração enquanto o repórter perguntou ao Syd do que ele gostava. Nós ficamos muito ansiosos enquanto nossas mentes estavam povoadas com muitas possíveis respostas não muito adequadas (LSD, sexo e drogas). “America” disse Syd rapidamente. Pat sorriu, a platéia enlouqueceu e nos aplaudiu enquanto suávamos e o retirávamos daquela situação.

São bem tristes os relatos de como Syd estava sempre fora de si e alucinando, no livro Nick conta que o único a tomar ácidos era ele, sempre na ausência do resto da banda e, normalmente, eram 4 ou 5 em um dia…

Se as bandas de hoje fossem preocupadas em fazer o que gostam e música e não dinheiro e fama talvez a qualidade não fosse tão baixa… odeia a fórmula acima citada que deixa praticamente todas as músicas iguais…

http://vimeo.com/22496427

A super-fly Pink Floyd poster hand-lettered by Sarah.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: