Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Grupo organiza na Web ato de apoio a Bolsonaro na Paulista

Posted in cidadania, Política, Uncategorized by leonardomeimes on 07/04/2011

Ai está o perigo que sempre nos ronda, o de surgirem movimentos neonazistas, racistas, homofóbicos e/ou intolerantes, como a TFP.

O Dep. Jair Bolsonaro deveria se envergonhar de ser apoiado por pessoas que chamam os esquerdistas de libertinos e comunistas! Ou seja estamos voltando à época da caça aos comunistas? libertinos? Liberdade é diferente de libertinagem, mas em favor da ditadura essas pessoas confundem qualquer coisa…

“oposição ao petismo e toda essa libertinagem que os “direitos humanos” vem impondo para nós e nossas famílias”, isso não soa como um grito de guerra nazista? “Vamos atrás dos petistas! dos de esquerda! vamos caçar os direitos humanos que nos colocam como iguais a gays e negros!” Pois, saibam, inertes mentes de uma sociedade falida e tradicionalmente burra, que somos todos iguais sim! Não há libertinagem, há liberdade! E se há libertinagem entre os de esquerda quem dirá entre os de direita! Todo marido tradicionalista cultiva sua amante fora do lar, aliás eles são tão à favor da família que tem duas, três, quatro mulheres diferentes com muitos filhos, grandes babacas! vocês não são melhores que ninguém ao contrário são hipócritas e sugam o poder público assim como sempre fizeram…

O aborto é uma questão de saúde pública e para o bem de todos as pessoas devem ter a oportunidade de fazer o aborto em segurança, não é só porque vocês são manipulados por uma igreja mesquinha e ultrapassada que todos tem que seguir, também, as mesmas baboseiras. A igreja proíbe o aborto! excomunga quem o perpetua, em compensação os milhares de estupradores que engravidam mulheres (que fazem aborto por não ser um filho desejado) não são esconmungados! aliás teve um caso, inclusive, que o estuprador foi perdoado pela ingreja e a mulher que fez o aborto foi excomungada! QUE MORAL vocês tem? Milhares de mulheres sofrem com problemas por não poderem fazer seu aborto em uma clínica, quase morrem! Elas não tem a mesma religião de vocês cabe a ela decidir e o estado tem que garantir que será feito com segurança!

A igreja proíbe a camisinha! que absurdo! na África o papa nazista consegue ter coragem de falar mal da camisinha enquanto milhares de africanos sofrem com a AIDS! A igreja deveria ser o principal alvo das sanções por afronta aos direitos humanos!

Pessoas que dizem que os pais podem bater nos filhos, quando se sabe que isso afeta a educação da criança que cresce violenta, como aos pais…

Vocês são claramente contra os direitos humanos, racistas e homofóbicos, o perigo é que existem muitas pessoas assim no país e se não estivermos atentos é possível que tentem trazer de volta ao país uma ditadura!

Que vocês caiam na besteira de tornar público o seu racismo e sejam presos! Pois não queremos gente assim solta nas ruas…

Leonardo Meimes

_______________

Quinta, 7 de abril de 2011, 09h43

Ana Cláudia Barros

 

Na contramaré dos manifestos que se espalham pela web em repúdio às declarações dadas pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) no programa “CQC”, da Band, um grupo de internautas articula, via Orkut, ato de apoio ao parlamentar. Eles pretendem se reunir no vão do Masp, na Avenida Paulista, no próximo sábado, conforme mensagens divulgadas na comunidade da rede social, intitulada “Sou fã do Dep. Jair Bolsonaro”, que conta com mais de 4 mil membros.

– Já está na hora de a gente fazer uma união de verdade… Uma união de brasileiros dignos, de batalhadores e cidadãos honestos! Já está mais do que na hora de a gente fazer uma oposição de verdade ao petismo e toda essa libertinagem que os “direitos humanos” vem impondo para nós e nossas famílias, como Kit gay, Aborto e tentativas de tirar os direitos dos Pais em educar os seus filhos e etc!!! – conclama um dos integrantes:

A mensagem prossegue:
– Vamos dar o nosso apoio ao único Deputado que bate de frente com esses libertinos e comunistas!!! Será um manifesto cívico, portanto, levem a família, esposas, filhos e amigos… Levem cartazes, apitos e fiquem tranqüilos que teremos um pessoal para nos dar proteção no caso de qualquer elemento surpresa.

A comunidade é relacionada com outra, também criada em defesa ao deputado, chamada “Jair Bolsonaro para presidente” – com 2643 membros -, dedicada “a todos aqueles que gostariam de ver o Dep. Jair Bolsonaro na Presidência da República”.

– Bolsonaro é nossa esperança de viver em um país sério e respeitador dos bons e velhos preceitos morais e éticos. Persista na luta Bolsonaro, acompanhos suas batalhas no Congresso e muito nos orgulhamos do trabalho que tem feito – diz a apresentação.

A exemplo da outra comunidade, esta também convoca os integrantes para o ato de apoio ao deputado na Avenida Paulista e incentiva a divulgação do manifesto pelos internautas.

A comunidade divulga ainda uma petição, escrita em português e em inglês, pedindo apoio para evitar uma possível cassação de Jair Bolsonaro. Ela tinha quase 1500 adesões.

Em outro abaixo-assinado, endereçado ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, os internautas argumentavam que o deputado seria vítima de “perseguição política como uma forma de autopromoção de parlamentares oportunistas”.

– Por conta dos seguidos incidentes, nos quais interpretamos a cassação do mandato do parlamentar algo inconstitucional e contrário ao desejo das mais de cem mil pessoas que confiaram seu voto ao candidato nas últimas eleições – diz a petição, com 230 assinaturas.

“Fora Jair Bolsonaro”

O apoio virtual a Jair Bolsonaro pode ser considerado tímido se comparado aos atos contrários a ele. Pelas redes sociais e na blogosfera, crescem o número de manifestações com críticas ao militar. No Facebook, o “Fora, Jair Bolsonaro” tem mais de 7 mil adeptos e “Cassação de Jair Bolsonaro”, mais de 8 mil.

No Twitter, o nome do deputado há dias aparece entre os tópicos mais debatidos. Assim como os que apoiam o parlamentar, os contrários também divulgam petições na internet. Uma das que contam com mais apoio é a “Proteja o País do Bolsonaro”, cuja a meta era abarcar 75 mil apoiadores e que, até esta quarta-feira (6), já tinha mais de 77 mil.

– As idéias racistas e homofóbicas do Deputado Jair Bolsonaro não são uma questão de opinião pessoal, elas são perigosas… Enquanto já existem leis para proteger outras formas de discriminação, pessoas GLBT não têm nenhuma proteção legal.
Vamos erguer nossas vozes mais alto que o Bolsonaro e mostrar que os brasileiros apoiam a lei anti-homofobia que irá ampliar as proteções contra a violência e discriminação para todos os brasileiros! Assine a petição agora, ela será entregue em Brasília em uma grande manifestação pela lei anti-homofobia! – conclama o abaixo-assinado.

 

Anúncios

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Renatéx said, on 07/04/2011 at 12:25

    Eu apoio as declarações do Deputado Bolsonaro. Não que tenhamos que entrar em guerra com os GBLTs. Por que são seres humanos como todos nós, a imagem e semelhança de Deus. De acordo com a bíblia que é a palavra de Deus o comportamento dos GBLTs está errado, mas Deus deu livre arbítreo a todo ser humano para poder escolher o que for melhor para sí. Se eles optaram por esse caminho, só depois da morte e que saberam se realmente estavam errados. Mas o direito de um, termina onde começa o do outro, não sou a favor dos GBLTs, apesar de respeitá-los, mas não concordo com a apologia a homoxexualidade, e tenho que ter os meus direitos resguardados. Não quero que minha filha cresça influenciada pela mentalidade de que ela pode escolher entre ser homo ou hetero.

    • leonardomeimes said, on 07/04/2011 at 12:35

      Em primeiro lugar, você é o pai, e não o dono de sua filha ela irá escolher entre um dos dois, e pode ser homo, não há o que você fazer, há indícios inclusive de que não é uma escolha, você nasce gay e pronto, antigamente as pessoas tinham preconceito contra si mesmas e não admitiam que eram, hoje não há porque não admitir. Não existe uma apologia, existe uma desmistificação, muitas crianças já quando são pequenas apresentam comportamentos homo e isso é normal, o problema é que pelo preconceito que os pais tem, e que elas adquirem, elas não se permitem ser homo e acham que existe apenas uma forma de sexualidade a hetero, o que pode causar problemas afetivos para crianças gays. Eu sou da opinião de que não existe essa questão de sexo oposto, na verdade se eu me apaixonar por um homem eu me entregarei, assim como me entrego quando me apaixono por uma mulher, não faz sentido dizer que homem não pode se apaixonar por homem!

      então o seu comentário é basicamente um preconceito, pois sua filha deve ter a liberdade de escolher ou de se assumir gay sem influencias tuas, o estado tem que ter a responsabilidade de diminuir a visão preconceituosa que a religião e o tradicionalismo coloca, pois ambas as partes devem ter um conhecimento “desmistificado” do assunto, e as crianças tem o direito de sabe que existem pessoas que são diferentes e que ela não precisa achar ruim ou julgá-las por isso.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: