Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Natureza

Posted in Uncategorized by leonardomeimes on 24/02/2011


O corpo nu…

Parei de sopetão!

Os pés na grama

E a seiva de volta a correr

Um vigor vivo

Um orvalho novo

Bebi das entranhas da Terra

Banhei-me nos raios do Sol

Os dedos tornaram-se folhas

As frutas dos ramos colhi

Os braços longos galhos

As pernas grandes raízes

O sexo aflorou grandes pétalas

Do néctar eu te servi

Quando vi,

Já era natureza

E, finalmente,

Voltei de onde vim

Leonardo Meimes

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: