Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Modernices do Rock, como saber se vc é moderninho

Posted in Música by leonardomeimes on 19/01/2011

Cansado das firulas do prog, o excesso de testosterona do metal ou a repetição do punk? Afim de ter um cabelo na moda sem parecer boiola, mesmo que todo mundo diga que isso é mito? Está afim de pegar mulheres sem as letras “de corno” do hard rock? Veja as regras do indierock, moderninho, logo abaixo.

 

Imagem
1 – Apesar de você fazer rock moderno, independente e descolado, o mandamento supremo é nunca se tornar emo, emocore e derivados. Mesmo que você tenha quedas por músicas desse tipo, fique longe. 2 – Mesmo assim, pode usar franja. Franjas são modernas.

3 – Mesmo sendo modernas, não abuse das franjas. Se alguém te chamar de emo, pare de usar a chapinha.

4 – Apesar de franjas serem a parada, você pode raspar o cabelo também. É dos carecas que elas gostam mais!

5 – Se você ficar esquisito careca ou com franja, use cabelo enrolado. A moda é variar mesmo!

6 – Se nenhum estilo de penteado te agrada, é melhor rezar.

7 – Tire sarro dos fãs “trues”. Tire sarro dos hardcores bobões. Tirar onda de fã fanático é coisa de “descoladinho”.

8 – Entre numa banda sem saber absolutamente nada sobre música.

9 – Se você estudou alguma coisa, seja um guitarrista como o Albert Hammond Jr. Toque o mínimo possível.

10 – Sua banda tem o prazo de duração normal de 3 meses.

11 – Nesses 3 meses, crie um MySpace.

12 – Se criar um MySpace, faça uma legião de pessoas acessarem.

13 – Se não conseguir uma legião de visitantes, finja que gosta da internet e de coisas “bacanas”.

14 – “Bacana”, “massa”, “descolado”, “moderno” são os termos sinônimos estúpidos para a palavra legal.

15 – Apesar de saber que são estúpidos, finja que são nomes cultos.

16 – Lembre-se: filmes Hollywoodianos são uma droga.

17 – Prefira filmes europeus.

18 – Quanto mais entediante for o filme, mais legal ele é. E consequentemente, mais “moderninho”.

19 – Seja um roqueiro moderno beberrão e fumante, se quiser. Pode usar DROGAS também.

20 – Mas faça sempre um discurso contra esses abusos. Época de aquecimento global, velho. Você precisa de fãs caretas.

21 – “Caretas” também é sinônimo de legal.

22 – Se você é um baterista moderno, não faça algo além do que Ringo Starr faria.

23 – Se você for um baixista moderno, não faça notas que usem mais do que duas cordas. Uma coisa bem new wave dos anos 1980.

24 – Esse número é gay. Gay é emo. Não seja emo, mesmo de franja.

25 – Se você for um guitarrista moderno, use guitarras vagabundas ou uma Fender bem velha. Suas guitarras devem estar ligadas em uma pedaleira que faz mais interferência do que barulho.

26 – Se você for vocalista, tenha uma voz de veludo. Ou de gralha. Modernidade não tem meio-termo, mas é sempre pop.

27 – Se tiver voz muito grave, seja Ian Curtis. Se tiver voz esganiçada, seja Kurt Cobain.

28 – Mas não seja TÃO Ian Curtis ou Kurt Cobain. Eles se suicidaram nos anos 1980 e 90.

29 – Suicídio é coisa de emo e emo é gay. Nada disso, cara.

30 – Se a sua banda passar de 3 meses, venda seu material para uma gravadora vagabunda e lance um CD.

31 – Faça faixas extras com experimentalismos igualmente vagabundos.

32 – Ou não!

33 – Se a sua banda passar de 6 meses, venda seu material para uma gravadora semi-vagabunda.

34 – Sobreviveu um ano? Meus parabéns! Venda tudo agora pra Warner ou pra EMI, que são as únicas gravadoras que prestam hoje em dia.

35 – Depois de encher o bucho de dinheiro, mulheres, grifes de roupas modernas e shows, resolva lançar um CD na internet e polemize todo o sistema!

36 – Mas, lembre-se: você não é comunista, só é simpatizante do Greenpeace. Venda o CD online por alguns meses e, depois, venda para alguma gravadora grande, pra voltar pro sistema.

37 – A MTV é sua amiga.

38 – Ou não. Se não for, faça entrevistas para jornais e revistas.

39 – O que importa é a publicidade. Mais do que o conteúdo.

40 – Grunge é indie. Um indie sujo.

41 – Math Rock é indie. Um indie limpo.

42 – Tenha uma namorada bizarra.

43 – Mulher, tenha um homem bizarro.

44 – Gay, tenha um namorado(a) bizonho.

45 – Calma, se você é hetero, não seja gay, porque gay é emo. Mas se você for homossexual, indies aceitam sem problemas. Afinal, modernices são politicamente corretas.

Imagem46 – Use roupas xadrez.

47 – Mas não xadrez preto e branco, isso é emo.

48 – Use calças duas vezes do seu tamanho. Arraste-a pelo chão.

49 – Use óculos bregas, que façam você parecer um mosquito gigante. Ou modelos mais quadrados. Dá na mesma.

50 – Bob Dylan é seu Deus, mesmo que você não saiba nada sobre música folk norte-americana ou mesmo fazer um acorde dedilhado no violão.

51 – Seja Billy Corgan do Smashing Pumpkins. Ele já teve todos os cortes de cabelo (longo, franja e hoje tá careca!), comeu a mulher do Kurt (a Courtney!) e tem uma voz que varia do esganiçado pro berro puro. Ultra moderno.

52 – Cultive costeletas, mesmo que seja coisa do tempo do Elvis.

53 – Se tiver falhas na barba, deixe as costeletas ou a própria barba crescer. Modernidade combina com Loser Manos.

54 – Faça uma banda nerd. Weezer é perito nisso. Fazem piadas que só o povo da internet pega. YOUR BASE BELONG TO US. Got it?

55 – Fazer álbum sobre computador também é sucesso certo. Radiohead que o diga!

56 – Você também pode fazer uma música pra balada. Killers consegue esse feito, mas cuidado pra não abusar do sintetizador.

57 – Seja blasé, mesmo que você não faça idéia do que essa palavra signifique, ou de qual idioma ela faz parte.

58 – Goste de bandas que não são independentes. Sean Lennon, o filho do John, confessou ser fã deBLACK SABBATH. Não que isso tenha algo a ver com o som que ele faz.

59 – Seja filho de celebridade, tipo o Sean Lennon.

60 – Use guitarras semi-acústicas. Les Pauls e Flying Vs são para metaleiros e punks. Você não é extremo assim.

61 – Grave algum clássico do rock em francês. Se a tradução estiver impossível, mude a letra, mesmo que os fãs caiam matando. Ninguém sabe esse idioma mesmo!

62 – Eu sei que All-Star era o calçado dos RAMONES. No entanto, até Kurt Cobain abusou dele. Use você também!

63 – All-Star bom é All-Star sujo. Use até ele começar a falar.

64 – Mesmo em enchentes da sua cidade.

65 – Pode colocar alguns enfeites no All-Star, EXCETO estrelinhas, xadrezinhos e toda aquela zona de emo.

66 – Lembre-se: Seattle é _A_cidade.

67 – Se Seattle for “muito norte-americana” pra você, Londres é o seu lar.

68 – Mesmo que você tenha nascido no Zimbawe. Everything is from UK, babe!

69 – Diga que é um músico aberto para todas as influências musicais.

70 – Mesmo que você só saiba três acordes inteiros e bicordes. Ou só britpop. Bom, enfim.

71 – Diga que é o descendente vivo dos BEATLES. Ou a reencarnação deles.

72 – Mas só diga isso bêbado e no grau pra brigar. Qualquer dúvida, procure Liam Gallagher.

73 – Se a sua banda sobreviver 2 anos, diga que é “a salvação do rock”, mesmo sabendo que o rock nem chegou perto de morrer.

Imagem74 – Faça letras em espanhol.

75 – Faça letras em espanhol sem saber espanhol, ou parecendo ser uma pessoa assim. The Mars Volta!

76 – Vire objeto de um documentário do Fantástico da Rede Globo ou seja um dos entrevistados do Altas Horas, programa da mesma emissora.

77 – Goste de instrumentos exóticos. Banjo, Ukulele, Cavaquinho, Pandeiro… mas não seja pagodeiro.

78 – Mesmo com 40 anos, use efeitos de photoshop nas suas fotos até parecer ter 18!

79 – Para as meninas e as mulheres, abuse da tecnologia até chegar nos 12 anos.

80 – Lembre-se: namorar uma menina indie menor de idade não é pedofilia. Elas são garotas inteligentes, cara! Mas não

deixe ela abrir a boca, senão…

81 – Quando não souber o que lançar pro mercado, lance um CD de B-sides e restos de estúdio.

82 – Mas NUNCA lance um Best Of. Best Of é coisa de banda velha, passando da idade. Você é MODERNO.

83 – Faça festivais patrocinados por cervejas, mesmo sendo politicamente correto. Skol Beats, veio!

84 – A palavra “vibe” não é típica do moderninho, mas ele gosta dela. Boa vibe pra ti, cara!

85 – Se você é realmente fã de coisas modernas e na moda, você tem MySpace, Flickr, Orkut, Facebook, Blogger, WordPress, Fotolog.com, MSN, Gtalk, Gmail…

86 – Mesmo se você não manja NADA na internet!

87 – Ou se você posta ou comenta sempre as mesmas coisas nesses lugares. Tipo, você não sabe teclar nada além de “meu querido diário…” de formas maquiadas.

88 – Você, normalmente, é vegetariano.

89 – Se você não for vegetariano, tem muitos amigos vegetarianos e até come soja com eles.

90 – Mesmo se soja te dê alergia, dores no estômago ou tenha gosto de nada.

91 – “Tipo” é, tipo, _A_TENDEMSIA no mundo moderno.

92 – Você gosta de Alechat, aquele jeito muito esquisito de teclar que apareceu no Orkut.

93 – Exemplo de Alechat: OY, VOSSÊ KÉR FIKAR CUMIGU?1111

94 – Às vezes, eu disse, ÀS VEZES, você escreve miguxês. Mesmo sendo língua de emo.

95 – Você gosta de frases curtas.

96 – Você gosta de frases curtas e sem sentido.

97 – Você sempre disse que leu Dostoiévski. Na verdade, era uma revista Capricho ou uma Caras.

98 – Quando você não gosta de uma determinada música, fala que ela é tão “do sistema”.

99 – As groupies do seu show parecem cogumelos. Só dá menina de franja.

100 – Só um moderninho acredita na música dos moderninhos. Quando ela vai pra TV, você tem “Síndrome de Underground”, forma sinestésica de dizer depressão.

101 (BONUS TRACK!) – Se você tem uma ex-mulher com caso mal-resolvido, faça uma dupla de rock com ela. É mais reconhecido do que dupla sertaneja. Ultra moderno!

Anúncios
Tagged with: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: