Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Já não ando mais sozinho

Posted in Literatura by leonardomeimes on 15/01/2011

Já não ando mais sozinho

Meus pés deixam pegadas acompanhadas

Minhas mãos sentem o calor constante

e o suor pedinte…

Se respiro, ecoa uma tensão

Divido meu ar com tua boca

Sinto seu respirar quente

e o lábio pedinte…

Quando durmo, durmo tranquilo

Somamos nosso sono e anestesiamos o mundo

Sinto-me em um sonho

e o coração pedinte…

Quando nossos braços se entrelaçam

O suor, o lábio e o coração

São alquimistas que param o tempo

Mesmo enquanto damos corda ao mundo…

Leonardo Meimes

 

Anúncios
Tagged with:
%d blogueiros gostam disto: