Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Papa pede aos brasileiros para não votar em Serra, porque legislou a favor do aborto

Posted in Política by leonardomeimes on 28/10/2010

Serra ao saber da orientação papal: ih, udêu!

Segundo o Estadão, em reunião em Roma na manhã desta quinta-feira, 28, o papa Bento XVI conclamou um grupo de bispos brasileiros a orientar politicamente fiéis católicos.

“Quando projetos políticos contemplam aberta ou veladamente a descriminalização do aborto, os pastores devem lembrar os cidadãos o direito de usar o próprio voto para a promoção do bem comum“, disse ele.

A orientação serve, sob medida, para não votar no Serra, porque dos dois candidatos foi o único que efetivamente legislou abertamente, como diz o Papa, descriminalizando o aborto.

Já que é para jogar na baixaria, o FBI dá a sua modesta contribuição para os bispos brasileiros nessa tarefa de orientar os seus fiéis a não votar no Serra, ou melhor, para votar na Dilma.

Clique aqui e acesse a Norma Técnica “PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA MULHERES E ADOLESCENTES”, assinada por José Serra, em 1998, quando Ministro da Saúde.

Abaixo, alguns trechos da Norma, para orientação de cardeais, bispos, padres, freis, freiras e leigos católicos

A garantia de atendimento a mulheres que sofreram violência sexual nos serviços de saúde representa, por conseguinte, apenas uma das medidas a serem adotadas com vistas à redução dos agravos decorrentes deste tipo de violência. A oferta desses serviços, entretanto, permite a adolescentes e mulheres o acesso imediato a cuidados de saúde, àprevenção de doenças sexualmente transmissíveis e à gravidez indesejada.

As equipes envolvidas diretamente na assistência deverão receber treinamento sobre o atendimento humanizado às mulheres que poderão ser submetidas à interrupção da gravidez. Os médicos deverão, além disso, ser treinados para a utilização das diferentes técnicas recomendadas para a interrupção da gestação.

Esse atendimento deverá ser iniciado por ocasião da primeira consulta, devendo estender-se a todo o período de atendimento à mulher e após a interrupção da gravidez

“...se a mulher estiver grávida ou suspeitando de gravidez, deve-se identificar claramente a demanda trazida por ela, focalizada nos seguintes aspectos: identificação do desejo de interrupção da gravidez ou não, discussão a respeito dos direitos legais já garantidos à mulher, existência de valores morais e religiosos que possam determinar ou influenciar a decisão da mulher e a discussão de alternativas à interrupção da gravidez, como a entrega da criança para adoção, a realização de pré-natal etc.

VI. ATENDIMENTO À MULHER COM GRAVIDEZ DECORRENTE DE ESTUPRO
Esse atendimento deverá ser dado a mulheres que foram estupradas, engravidaram esolicitam a interrupção da gravidez aos serviços públicos de saúde.

Procedimentos para a interrupção da gravidez
O procedimento deverá ser diferenciado, de acordo com a idade gestacional.
I. Até 12 semanas, podem ser utilizados, para o esvaziamento da cavidade uterina, os dois métodos identificados a seguir.

1. Dilatação do colo uterino e curetagem

2. Aspiração Manual Intra-Uterina (AMIU)

***

Bem, se as Igrejas estavam em dúvida sobre a posição do Serra, em relação ao aborto, agora não estão mais, graças a este FBI.

Assim, façam o favor de atender o Papa, execrar o Serra e pedir voto na Dilma.

Quanto às Organizações Serra (Globo, Estadão e Veja, entre muitos outros veículos), estão autorizadas a reproduzir esta matéria esclarecedora para esse final de segundo turno, dando o devido crédito a este modesto blog.

 

Anúncios

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Renata said, on 28/10/2010 at 19:38

    Desculpe, mas há um equivoco sem tamanho nesta matéria!!!!!!!!!!!!!!!! o candidato a fovor do aborto é a Dilma, mesmo porque esta pessoa é contra a vida…

    • leonardomeimes said, on 28/10/2010 at 19:54

      Não sei se você está profundamente mal informada ou malignamente mal intencionada, porém para pessoas assim portas mal construídas da educação brasileira, apenas um documento pode resolver sua confusão. O Serra é quem assinou a permissão para o SUS fazer abortos no Brasil inteiro. Só procurar. A Dilma é contra o aborto a não ser nos casos previstos por lei. Além disso, a religião não deve influenciar em uma decisão política, pois é uma afronta à democracia uma religião tentar impor sua visão sobre todos os brasileiros, mesmo eles tendo outras crenças. Da mesma forma que eu respeito sua posição de ser contra a Dilma eu respeito a decisão de uma mulher que quer fazer um aborto, qualquer que seja o motivo. Mesmo eu considerando isso uma agressão a vida.

    • leonardomeimes said, on 28/10/2010 at 19:55

      Sua acusação de que a Dilma é contra a vida deve ser acompanhada de um argumento, se não eu desconsiderarei, por falta de conteúdo em sua afirmação.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: