Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

DA TERRA AO CAOS (pt. 3)

Posted in Literatura by leonardomeimes on 23/09/2010

Vieram vários animais, cada um ao seu ritmo e ofereceram ajuda a Mica na escolha do nome. Mica expressou seu desejo por um nome animal, pois queria que seu filho tivesse intimidade no lido com esses. Talvez numa homenagem à seu irmão morto escolheu o nome Cordeiro. Olhou para os lados procurando entre os animais um cordeiro para pedir-lhe permissão e como não havia ali um desses foi escolhido o nome. Os animais ali concordaram, pois cada um tinha seu motivo em não dar seu nome à criança que havia desencadeado tal desordem, mesmo antes de nascer. Cordeiro de imediato começou a chorar mais alto. A criança se contraia e corava como se o estivessem torturando. Então Mica retirou-lhe o nome e tudo voltou ao normal, a criança olhava para os lados com uma feição indagativa. Não se fez consenso sobre o nome que o menino receberia e nem haveria tempo para tal, pois três homens chegaram à caverna, cada um montado um animal.

Mica não reconheceu nenhum deles como um de seus irmãos e perguntou-lhes de onde vinham. Os três se aproximaram e em rima e verso responderam:

O primeiro:

“Sou o rei do alto ocidente!

Venho aqui presentear a criança com ouro!

Ó mestre, que nasceu para reinar valente

Sobre toda a vida existente!”

Estava montado sobre um lindo mustangue e usava roupas azuladas com detalhes em vermelho.

“serás, ó Rei, o mais temido entre os homens!”

O segundo:

“Sou o rei do alto oriente!

Venho lhe presentear com negra especiaria

Que a sede com a fome sacia!

Ó grão mestre dos futuros sentimentos!”

Desceu de seu camelo, pôs seu turbante ao lado do garoto e ajudou o pequeno a beber o viscoso liquido negro.

“serás o mais temido entre os homens, ó Rei!”

O terceiro:

“Sou o rei do sul do mundo!

Venho lhe trazer a influência

que mantém-me o poder!

Pois no mundo só tu,

Mestre das manipulações,

Terá mais poder!”

Desceu de seu jegue, pegou a criança e lhe deu um beijo.

“serás entre os homens o mais temido, ó Rei!”

E sorrateiramente guardou o ouro debaixo de seu casaco.

Tais gloriosos reis seguiram seu caminho terminando o maior ato de reverência a um ser já feito até aquele momento na história. Mica estava abismado com o destino que Deus havia dado à sua criança. Uma dúvida agora pairava a mente de todos os animais, que nome haveria de ter tão grande rei!? Os animais estavam ansiosos e cada um queria agora que seu nome fosse dado à criança, entusiasmados pelas previsões dos reis. Começaram a declamar.

O Cão:

“Serás Cão!

Pois sua voz soará como um rosnar assustador

para quem se atrever a atrapalhar seu destino!”

O Bode:

“Serás Bode!

Pois terá a sabedoria que um líder precisa para

Acabar com seus rivais!”

Um Morcego ali alojado:

“Serás Príncipe das Trevas!

Pois não terá medo de infligir a escuridão,

que seus inimigos tanto temem, como um Morcego!”

O Lobo:

“Serás Besta!

Pois terá a fúria e a impiedade que só os Lobos têm!”

O Porco:

“Serás Sujo!

Pois assim manterá longe qualquer indesejado rival,

como fazem os Porcos!”

Seguiram falando depois o gato-preto, a serpente, a mariposa, o dragão, o escorpião e a aranha. Travaram os animais uma discussão em que decidiram chamar o menino de Mestre. Só que as consequências daquela noite acabaram por irritar o garoto. Após tantos nomes serem dados a criança se contraiu em um gesto e com um lamento ainda mais alto que o primeiro amaldiçoou a todos…

Tagged with: ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: