Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Um povo masoquista?

Posted in Política, Uncategorized by leonardomeimes on 26/05/2010

O Distrito Federal nem mesmo terminou de resolver os problemas de corrupção que Arruda deixou e já dá sinais de que quer que tudo continue. O antigo governador Joaquim Roriz (PSC), também acusado de roubo de verbas públicas, sendo condenado por Improbidade Administrativa, pelo mal uso de um helicóptero do governo, já está sendo cotado como possível ganhador da próxima eleição.

Pelo jeito o povo do DF já esqueceu do que roriz fez, e já está esquecendo também do que arruda fez ano passado, pois ele também já tem intenções de voto. Esse seria algum tipo de povo masoquista?

Creio que não, acho mesmo é que as TV do DF não deve ter dado a devida cobertura a tais eventos, e provavelmente o povo estava mais preocupado com quem ganharia o Big Brother do que com o que estava ocorrendo no DF em ambos os casos.

Assim, enquanto tiver burro no mundo os espertos não andarão apé.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4450249-EI15314,00-Pesquisa+aponta+Roriz+na+lideranca+pelo+governo+do+DF.html

Pesquisa aponta Roriz na liderança pelo governo do DF

26 de maio de 2010 11h58 atualizado às 12h13

Laryssa Borges
Direto de Brasília

Pesquisa feita e encomendada pela consultoria O&P Brasil divulgada nesta quarta-feira (26) aponta que o ex-governador do Distrito Federal, Joaquim Roriz (PSC), lidera as intenções de voto em Brasília e nas cidades-satélite, com 25,7%, seguido do petista e ex-ministro do Esporte do governo Lula, Agnello Queiroz, que tem 14,1% da preferência do eleitorado. Os dados se referem à sondagem espontânea, quando não é apresentada ao entrevistado uma lista de potenciais candidatos. O percentual de eleitores indecisos ou que não souberam responder à pesquisa espontânea chega à casa de 45,4%.

O levantamento, registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na última semana, mostra ainda o atual governador do DF, Rogério Rosso (PMDB), eleito indiretamente após o escândalo do mensalão do DEM supostamente coordenado pelo governador cassado José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), com 2,1% das intenções de voto. O senador Cristovam Buarque (PDT) registra 1,5%, ao passo que Arruda, que não pode se candidatar nas eleições de outubro, tem 1,4%.

Nas simulações estimuladas, Roriz venceria a disputa eleitoral quando o cenário apresentado é contra Agnello Queiroz (PT), Alberto Fraga (DEM) e Toninho (PSOL). Neste caso, o ex-governador teria 40,9% das intenções de voto contra 28,4% de Agnello; 4,2% de Fraga e 3,1% de Toninho. Quando ao mesmo cenário é acrescentado o nome de Rogério Rosso, a situação também não é desfavorável a Roriz, que teria 38,9% dos votos, diante de 27,7% do petista, 3,8% de Fraga, 2,4% do representante do PSOL e 2,1% de Rogério Rosso.

Sem Joaquim Roriz na disputa, o petista Agnello Queiroz teria 30,4% da preferência do eleitorado, seguido de 7,4% de Rosso e 6,3% de Alberto Fraga. Neste cenário, o número de votos brancos ou nulos ultrapassaria a preferência dada ao primeiro colocado, com 33,7%.

A pesquisa feita pela O&P Brasil Opinião Análise e Estratégia ouviu eleitores entre 21 e 24 de maio. A margem de erro é de 2,8 pontos percentuais.

A consultoria O & P Brasil foi fundada há sete anos, pelo sociólogo Fernando Jorge Caldas Pereira. O instituto realiza pesquisas em diversos estados brasileiros, como Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, além de Brasília.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: