Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

Inesperado

Posted in Uncategorized by leonardomeimes on 14/01/2010

Amar-te é como viver nas estrelas
Amar-te é tocar no veludo do oceano
Amar-te é te olhar na distância e ouvir um vento uivante
Amar-te é um frio gelado e incessante
Cortante, gritante, ante, ante e ante.

Éddy Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: