Moscas Mortas Revolution – Página Inicial

O Homem Secular…

Posted in Literatura by leonardomeimes on 12/01/2010
Meus últimos passos
Caminhei ontem a chorar.
A anos sentia o peso da vida,
Ontem, não consegui lutar.

Desde moço carrego sobre o peito
A labuta, o meu suar.
Ontem, descobri que de fraco
Já não consigo andar.

De antes de nascer, às costas,
Tantas orações para orar,
Obrigam-me dia e noite à fadiga
De sempre ter um nome a cantar.

No fim do caminho descubro
Que nome santo jogado ao ar
É o mesmo que cantar o amor
Sem para ele ligar.

Pesa-me a consciência
De que sei muito, mas nada tenho a dar.
De que não tenho mais direito
De tentar caminhar.

Fizeram-me sorrir
Quando a boca queria chorar.
Fizeram-me mentir
Quando só precisava calar.

Apossaram-se de mim
Como mercadoria a doar.
De mão em mão fui vendido
Até que inútil e fraco aqui vim parar.

Sobrou-me imensa corcunda
De homem vivido e secular.
De quem tem tudo a perder
E muito pouco para dar.

De quem merecia renascer
Sem a obrigação de orar,
Sem a obrigação de mentir,
Sem ter que pagar para respirar... 

Leonardo Meimes
Anúncios
Tagged with:

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. tartaruguinha said, on 17/01/2010 at 23:39

    Foi você que escreveu Léo? Não assinou..

    • leonardomeimes said, on 18/01/2010 at 07:05

      Resolvido ahahha

      Bjim Tartaruga


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: